quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Que os afetos perdurem

Enquanto os hipócritas defendem a família tradicional, seguem felizes as famílias sem compromisso com as convenções sociais. Onde tem amor, sempre cabe mais amor. Proteger a família não pode ser desculpa para manter um casamento infeliz. Família dura enquanto o afeto durar, não acaba quando o casamento chega ao fim. Que o casamento dure enquanto for bom para ambos. E que chegue ao fim sem culpas, caso não fizer mais sentido continuar. Que os afetos perdurem. E que as pessoas se sintam livres para seguir em frente. Que continuem acreditando no amor e na felicidade como direito, mas também como fruto de nossas escolhas individuais.


- 


Nenhum comentário:

Postar um comentário