domingo, 4 de novembro de 2012

Não se deve



Não se deve romper o silêncio
sem um motivo preciso.
As palavras devem ser necessárias
inadiáveis como um aviso.


Luiz Roberto Nascimento. In: A flauta vertebral


Nenhum comentário:

Postar um comentário