quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Saudade

Mas é a saudade que me povoa as noites,
não me deixa só, quase a morrer.


Somos assim multidão silente...



Roque Dalton

Nenhum comentário:

Postar um comentário