terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Risco iminente

"(...) Quanto a mim, o que me mantém vivo é o risco iminente da paixão e seus coadjuvantes, amor, ódio, gozo, misericórdia..."

Rubem Fonseca. In: O Cobrador


Nenhum comentário:

Postar um comentário