quarta-feira, 2 de março de 2011

Faz de conta

Faz de conta que ela não estava chorando por dentro — pois agora, mansamente, embora de olhos secos, o coração estava molhado.


Clarice Lispector. In: Uma aprendizagem ou O Livro dos Prazeres


Nenhum comentário:

Postar um comentário