quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Outra vez

aterrorizado outra vez
de não amar
de amar e não seres tu
de ser amado e não ser por ti
de saber e não saber fingir
e fingir


Samuel Beckett

Nenhum comentário:

Postar um comentário