quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Do amor

Esta vista de mar, solitariamente,
dói-me. Apenas dois mares,
dois sóis, duas luas
me dariam riso e bálsamo.
A arte da Natureza pede
o amor em dois olhares.



Fiama Hasse Pais Brandão. In: As Fábulas


Nenhum comentário:

Postar um comentário