sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Seja

objeto
do meu mais desesperado desejo
não seja aquilo
por quem ardo e não vejo

seja a estrela que me beija
oriente que me reja
azul amor beleza

faça qualquer coisa
mas pelo amor de deus
ou de nós dois
seja


Paulo Leminski. In: Melhores Poemas


Leminski, poeta maior.
E o coração pedindo. Ah, quem dera...



Nenhum comentário:

Postar um comentário