quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Do inexplicável amor


Oh Deus, como estou sendo feliz. O que estraga a felicidade é o medo. Fico com medo. Mas o coração bate. O amor inexplicável faz o coração bater mais depressa.

Clarice Lispector. In: Água Viva

Nenhum comentário:

Postar um comentário