quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Castigo

O atroz no sofrimento amoroso é ser punido por ter desejado fazer ao outro todo o bem possível, amando-o; é um castigo não por uma falta mas por uma oferenda recusada. E o não que recebem os reprovados do amor é sem recurso; eles não podem acusar o outro, são devolvidos ao seu próprio abandono.
.
.
Pascal Bruknerin: A Tentação da Inocência
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário