sábado, 19 de dezembro de 2009

Inevitável

Era inevitável: o cheiro das amêndoas amargas lhe lembrava sempre o destino dos amores contrariados.

.
Gabriel García Márquez. In: O Amor nos Tempos do Cólera
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário