domingo, 1 de novembro de 2009

Para que eu não te doa demais

Para que te serve essa cruel boca de fome? Para te morder e para soprar a fim de que eu não te doa demais, meu amor, já que tenho que te doer.

Clarice Lispector. Os desastres de Sofia. In: A Legião Estrangeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário