quarta-feira, 18 de novembro de 2009

O milagre

- Não quero que você escreva mais! Quero que você fale!
.
Gustavo ouve e sente que o amor e o beijo de Célia podem gerar o milagre. (...) As bocas se afastam, as mãos mais se apertam, as lágrimas nos olhos que parecem sangrar. Tudo, agora, é nele angústia e dor. (...) é como num parto, a voz está nascendo. (...) E ele a rir e a chorar ao mesmo tempo, exclama, em tom ainda fraco, mas exclama:
.
- Amor!
.
Adonias Filho. In: O Largo da Palma
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário