quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Futuro

No mais fino e doído de seu sentimento ela pensava: vou ser feliz. Na verdade o era nesse instante e se em vez de pensar 'sou feliz' procurava o futuro era porque obscuramente escolhia um movimento para a frente que servisse de forma à sua sensação.

Clarice Lispector. In: O Lustre

Nenhum comentário:

Postar um comentário