sábado, 3 de outubro de 2009

Do indizível

Só outra pessoa que tivesse experimentado, saberia o que ela sentia, pois de quase tudo o que importa não se sabe falar.

Clarice Lispector. In: Uma aprendizagem ou O Livro dos Prazeres
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário